Para o Meu Pai

Querido Pai,

nunca fui capaz de te dirigir uma carta ou redigi-la sequer. 
Recordo-me que nos meus tempos de criança, por alturas do dia do pai te desenhava qualquer coisa , mas fazia-o pela minha simples inocência. Hoje, adulta, vejo-te e orgulho-me de tudo o que me ensinaste, orgulho-me da educação que me deste mesmo não estando presente em todos os momentos sei que, apesar de todas as injustiças que alguma vez cometeste, sempre me apoiaste em todos os passos que fui dando nesta minha ainda tenra vida. Agradeço cada ida à praia, cada sorriso, cada dança, cada gargalhada - ensinaste-me a sorrir para vida quando ela não nos sorri, ensinaste-me as leis bases da sobrevivência. Creio que a maior parte das minhas costelas te dizem respeito, revejo-me na pessoa determinada, lutadora que és. 
Em breve, irei voar para um voo tão alto que nem tu nem a mãe foram capazes de o realizar, mas como tu disseste, continuarás sempre do meu lado no que for necessário. Apesar de tudo, apesar de algumas discussões travadas em plena adolescência, obrigada por tudo. Mas um simples obrigado é pouco para ti, porque reconheço que não fui uma adolescente fácil, mas esses anos já lá vão, felizmente.
Obrigado, uma vez mais, pela pessoa que és e por tudo.

8 comentários:

Mariana disse...

Que lindo :))

Andreia Morais disse...

Que bonito *.* e mesmo que nem tudo seja fácil, mesmo que hajam pequenas discussões ou opiniões opostas, ele estará sempre do teu lado. Erros todos cometemos, mas o amor sobrepõe-se


Beijinhos*

umpoucodemim disse...

Nem imaginas o quanto adoro e me identifico com esta escrita! Parabéns!

littlethingzs.blogspot.com

Estou a seguir o teu, dá uma olhada no meu e segue se gostares :D

simple soul disse...

desculpa se a nossa vida levou os nossos blogs para longe um do outro, continuas a escrever lindamente (:

simple soul disse...

continuas a escrever brilhantemente, sim, houveram muitas mudanças na minha vida no bom sentido e está tudo bem (:
e tu ?

Cláu Fernandes disse...

teu pai deve estar todo orgulhoso *.*
segui*

Nea ♪ disse...

Que lindo *.*

Pedro Taveira disse...

Bonita carta!
Segui :)
Deixo aqui o meu primeiro passatempo no meu blogue pessoal se quiseres participar!
http://diasporadossentidos.blogspot.com/2015/01/1-sorteio-diaspora-dos-sentidos-o-velho.html